terça-feira, 6 de dezembro de 2011

13ª Festa do Livro da USP


Venha prestigiar esta festa e aproveite os descontos nos livros da Fondo de Cultura Econômica.

A feira acontecerá na Poli e será realizada nos dias 14, 15 e 16 de dezembro.

Saiba mais sobre o evento:
http://www.edusp.com.br/festadolivro



terça-feira, 29 de novembro de 2011

Feria Internacional del Libro - Guadalajara 2011





No dia 26 de Novembro começou oficialmente a 25ª Feria Internacional del Libro de Guadalajara. São nove dias de muita festa literária até, 4 de dezembro.

A atenção da organização do evento com os profissionais se nota nos muitos programas voltados para eles. Há treinamentos específicos para agentes literários novos, para editores (especialmente focando a venda de direitos) e para ilustradores; programas que incentivam e facilitam a presença de bibliotecários na feira; palestras, debates e encontros com profissionais de diversas partes do mundo que compartilham suas experiências.

Os números da edição deste ano seguem sendo gigantescos. A 25ª edição da FIL reunirá 45 países, mais de 17 mil profissionais do livro, quase 200 agentes literários e será coberta por 490 veículos, através de 1.700 jornalistas. É visitada por grupos volumosos de estudantes e público em geral.

A FIL se destaca com uma programação artística tão bem cuidada quanto a de festivais literários como os de Hay-on-Wye ou a própria Flip (Festa Literária Internacional de Paraty). Prêmios Nobel dividem espaço com escritores comerciais, alternativos e estreantes.

Nos últimos anos, passaram por lá o turco Orhan Pamuk, o francês Le Clézio, o mexicano Carlos Fuentes, o anglo-indiano Salman Rushdie e o português José Saramago (já morto), entre outros. Este ano o evento conta com a participação de dois prêmios Nobel, o peruano Mario Vargas Llosa e a romena-alemã Herta Müller.

Confira aqui o Programa de Atividade da FCE no evento

Saiba mais no site da FIL

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Palestra Poder na Mesoamérica com Dr. Enrique Florescano

O Consulado Geral do México em São Paulo, o Departamento de História e Programa de Pós-graduação em Histó­ria Social da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo convidam para a pa­lestra Poder na Mesoamérica (em espanhol) com o Dr. Enrique Florescano no Anfiteatro do Departamento de Ge­ografia da FFLCH/USP.

O Dr. Enrique Florescano é um dos historiadores mais reconhecidos no México e da América Latina, principalmente do período mesoamericano. Entre seus livros mais importantes: Memória mexicana (com edição em inglês); O novo passado mexicano; O mito de Quetzalcóatl (com edição em inglês), Etnia, Estado e Nação; As origens do poder na Mesoamérica.

Recebeu diversos reconhecimentos, nacionais e internacionais, como o Prêmio Frei Bernardino de Sahagún (INAH, 1970); Prêmio Nacional de Ciências Sociais (Academia de Investigação Científica, 1976); Prêmio Nacional de Ciên­cias e Artes (Governo do México, 1996); Prêmio Francisco Javier Clavijero (Instituto Veracruzano de Cultura, 2001); Doutorado Honoris Causa da Universidade Veracruzana (2002); Doutorado Honoris Causa da Universidade Michoa­cana de San Nicolás de Hidalgo (2004), e recentemente recebeu o Prêmio de Jornalismo Cultural 2010 otorgado pela Associação Iberoamericana da Comunicação (ASICOM), em colaboração com o Principado de Asturias e a Uni­versidade Nacional Autônoma do México.

10 de novembro de 2011 às 19h00
Rua: Prof. Luciano Gualberto, 338 - Prédio da Geografia e História
Cidade Universitária - São Paulo - SP

Entrada Franca


Participe!
Veja aqui mais informações sobre a palestra
Organização: Centro de Estudos Mesoamericanos e Andinos (CEMA)

sexta-feira, 13 de maio de 2011

IV Bazar de Livros FCE Brasil -México



A Editora Fondo de Cultura Econômica (FCE) e o Consulado Geral do México convidam para o III Bazar Literário FCE Brasil/México; livros da editora com no mínimo 50% de desconto no preço de capa.
Aproveite!

Dias 19, 20 e 21 de Maio de 2011
Livraria Azteca: Rua Bartira, 351 - Perdizes - São Paulo (Ao lado da PUC).

Das 9 as 19h.


Ajude-nos a divulgar o Bazar da Fondo!

Clique na imagem acima e imprima o cartaz. Agradecemos se puder divulgá-lo no mural da sua escola, faculdade ou instituição de ensino, ou no seu blog ou site!

segunda-feira, 14 de março de 2011

ONU lança Ano Internacional dos povos Afrodescendentes


Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direitos. São dotados de razão e consciência e devem agir em relação uns aos outros com espírito de fraternidade (Artigo I, Declaração dos Direitos Humanos).

2011 foi eleito pela Assembleia Geral das Nações Unidas – ONU como o Ano Internacional dos Povos Afrodescendentes. A divulgação oficial da data ocorreu em dezembro de 2010.

Criou-se esta data para pôr em prática algumas medidas que já se encontram nas Constituições, porém, ainda não são exercidas. São elas direitos básicos que não competem somente ao branco ou ao negro, mas ao homem, no sentido mais amplo da palavra.

O Secretário Geral da ONU, Ban Ki-moon, declarou que o objetivo é erradicar a discriminação racial contra o africano e seu descendente, que são os povos mais vitimados pelo racismo.

“A comunidade internacional não pode aceitar que grupos inteiros sejam marginalizados por causa da cor de sua pele”, afirmou Ban Ki-moon em discurso de lançamento do Ano, na sede da ONU, em Nova York.

Para tanto, ganham destaque as seguintes medidas a serem tomadas: a participação mais ativa do negro na política, situações econômicas justas, referentes ao seu cargo e desempenho e não à cor de sua pele, maior informação cultural de seu povo, tradição e história.

Para obter êxito, o movimento de erradicação do racismo deve atingir não somente a ONU, mas os setores educacionais, políticos, econômicos e sociais. “O sucesso do Ano Internacional requer concentração de esforçosem todo o Sistema das Nações Unidas e em níveis regionais e internacionais, com o maior engajamento e participação possível” conclui Ki-moon.